My Dear friends

This site not work anymore .I have a new site and you can go there visit me. I dont go put more post here anymore ... If you like this blog go there .. I will be there for you ... Olá meus queridos amigos ... agora tenho um novo blog Este site nao funcionará mais , tive alguns problemas. Agora tenho um novo endereco de blog. Nao irei mais colocar post neste blog .. Todas as atualizacoes e novidades estarao no outro endereco .. Acessem... estarei lá pra vcssss Se vcs gostaram desse blog irao amar o outro .. mais atualizado e lindo ... Vamos láaaa .... visitem-me lá .. Beijinhos Lili

Tank for everything !!!

melldesofia.blogspot.com

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

10 ideias









Este ano, os paisagistas conhecidos arrebentaram. Resolvi mostrar os melhores e revelar as dicas que eles me contaram. Anotem aí:
1. No projeto dos paisagistas João Jadão e Cid Carvalho (fotos acima), da Planos e Plantas Paisagismo, um trio de vasos com dasilirium (Dasylirion quadrangulatum) - que é uma espécie muito ornamental e, ao contrário de outras da mesma família, não tem espinhos -, é a sugestão para usar em fachadas e entradas de casas, principalmente em série.

2. Ainda no espaço da dupla, um anel de fossa séptica fez as vezes de vaso. Além de ser um material reutilizado de obra, a peça resolve um outro probleminha: como não havia profundidade para acomodar a raiz da palmeira traquicarpo, ela avança sobre a grama.


3. A terceira sugestão é este espelho d’água escultural com bambus. Inspirados no sino-dos-ventos, o João e o Cid encaixaram os bambus em hastes de metal presas a uma chapa metálica. Embora não se movimentem, a impressão é que os bambus dançam sobre o espelho.
4. No projeto do paisagista Ricardo Pessuto (fotos acima), as samambaias são as estrelas. O paisagista misturou duas variedades: samambaia-do-amazonas e samambaia-baiana (Davalliaceae sp.) no painel que reveste toda a parede.

5. Para esquentar o ambiente, além do piso de madeira, a fibra natural usada nos móveis aparece no cachepô.

6. Reparem na iluminação seriada, colocada logo abaixo dos vasos altos de cerâmica. À noite, as bromélias transformam-se em esculturas suspensas. Um luxo!



7. Não conversei pessoalmente com a Mônica Rio Verde (Tels. 11 7386-1853/ 3586-8580, São Paulo, SP), mas acho que posso fazer alguns comentários sobre as escolhas certeiras dela no projeto acima. A Mônica usou vasos pequenos de cerâmica para reunir temperos e ervas ao redor de uma jabuticabeira. A sugestão ficou ainda mais bacana, porque os vasos foram acomodados ao longo de uma estrutura de tábuas de madeira, que serve como banco.

8. Já os gêmeos Luiz Felipe e Luiz Gustavo, da Folha Paisagismo, trouxeram uma pérgola coberta por véus (acima). “É um espaço tanto para os dias de sol como para as noites gostosas de primavera e verão”, contou Luiz Gustavo. A pérgola foi abraçada por espécies bem ornamentais, como guaimbês (Philodendron bipinnatifidum) e antúrios (Anthurium andraeanum).

9. Uma outra ideia incrível foi o uso de uma única peça para dispor uma pira e bicas d’água. Ou seja, um espaço perfeito para curtir o barulhinho da água, sob a sombra dos véus, ou embalar uma conversa, mesmo com o cair da noite.

10. Também não encontrei o paisagista Fernando Yamasaki (Tel. 11 4742-9945, São Paulo, SP) no dia em que fui à Fiaflora, mas adorei este cantinho de relaxamento (acima). Com painéis e bancos de ripas de madeira e caixas de tábuas de madeira, o Fernando conseguiu esquentar a área. As plantas tiveram o mesmo papel, mas fizeram mais: fecharam a área.

Arbustos, Bancos, Bromélias, Curiosidades, Espelhos d'água, Flores, Frutíferas, Hortas, Jardins, Móveis para área externa, Painéis, Paisagistas, Pérgolas, Vasos

fonte: http://colunas.casaejardim.globo.com/cheirodemato/category/arbustos/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha lista de blogs