My Dear friends

This site not work anymore .I have a new site and you can go there visit me. I dont go put more post here anymore ... If you like this blog go there .. I will be there for you ... Olá meus queridos amigos ... agora tenho um novo blog Este site nao funcionará mais , tive alguns problemas. Agora tenho um novo endereco de blog. Nao irei mais colocar post neste blog .. Todas as atualizacoes e novidades estarao no outro endereco .. Acessem... estarei lá pra vcssss Se vcs gostaram desse blog irao amar o outro .. mais atualizado e lindo ... Vamos láaaa .... visitem-me lá .. Beijinhos Lili

Tank for everything !!!

melldesofia.blogspot.com

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Foco do terremoto de hoje no Haiti

Foco do terremoto de hoje no Haiti é muito próximo do registrado no dia 12

Novos tremores vão ocorrer durante semanas ou meses, diz sismólogo.
Magnitude 6,1 refletiu-se em intensidade leve para a maioria da população.

Ricardo Muniz
Do G1, em São Paulo

O foco do terremoto desta quarta-feira (20) no Haiti fica na longitude 72,88° oeste e latitude 18,43° norte. O da semana passada, 72,45° oeste e 18,45° norte. O hipocentro – o ponto de ruptura inicial, também chamado de foco – do tremor de hoje fica a 9 quilômetros de profundidade (epicentro é a projeção do hipocentro na superfície). O hipocentro do terremoto do dia 12 foi a 10 quilômetros de profundidade. Isso significa que a falha geológica que causou o tremor ainda está na fase de reacomodação, após o rompimento da semana passada.

Cobertura completa: terremoto no Haiti

Tremor de magnitude 7 no dia 12 matou ao menos 75 mil.
Foram confirmadas até agora as mortes de 21 brasileiros.

Do G1, em São Paulo

Um forte terremoto de magnitude 7 devastou o Haiti às 16h53 de terça-feira (12), hora local -19h53 de Brasília. O epicentro foi a poucos quilômetros da capital, Porto Príncipe.



Está na região do terremoto ou tem familiares lá? Envie seu relato



Veja imagens do Haiti



Veja vídeos sobre o terremoto



Leia relatos



A situação humanitária do país, o mais pobre das Américas, é caótica, pelo menos 75 mil de pessoas morreram segundo a Defesa Civil, e espera-se que o número de víitimas cresça.



Cadáveres foram enterrados em valas comuns ou pelas próprias famílias. Comida, água e medicamentos escasseiam.



Até agora, foram confirmadas as mortes de pelo menos 21 brasileiros -18 deles militares das forças de paz da ONU, além do diplomata Luiz Carlos da Costa, segundo homem da missão, da médica e fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, e de uma mulher com dupla nacionalidade, cuja identidade não foi divulgada a pedido da família.



Capital destruída

A capital, Porto Príncipe, teve vários prédios destruídos.



Há o temor de que a situação de segurança fuja de controle, com a falta de água e comida estimulando saques. Também já há relato da ação de gangues armadas e de saqueadores.



Vários países, liderados pelos EUA, já iniciaram as operações de ajuda ao país, com envio de pessoal, equipamentos, alimento e dinheiro - mas teme-se que a ação não seja rápida o bastante para evitar o caos humanitário no país destruído.


Veja como ajudar as vítimas do terremoto no Haiti


Relembre a trajetória de Zilda Arns

Veja lista de brasileiros mortos em terremoto no Haiti



Veja história dos militares brasileiros sobreviventes

Terremoto expôs 137 mil pessoas a efeitos de ‘intensidade extrema’



Modelo computacional pode prever deslizamentos e terremotos, diz cientista



Imagem da Nasa mostra região atingida



Primeiro grande terremoto na região do Haiti foi registrado em 1751



Leia abaixo as últimas notícias sobre o terremoto:



Quarta-feira (20)



12h39 - 'Plano Marshall' - O diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Khan, sugeriu um "Plano Marshall" internacional para reconstruir o Haiti.



11h58 - Acampamentos - A capital Porto Príncipe conta com mais de 300 acampamentos improvisados nos quais estão vivendo cerca de 370 mil pessoas que perderam suas casas, informou nesta quarta-feira a Organizaçào Internacional para as Migrações (OIM).



10h33 - Homenagem - A cerimônia de homenagem aos militares mortos no terremoto será realizada em Brasília apenas na quinta-feira (21), informou o Exército. O avião que trouxe o corpo de 17 militares já está em Manaus (AM).



10h09 - Coordenação - O presidente haitiano, René Preval, afirmou que a ajuda internacional para seu país chegou muito rápido depois do terremoto, mas o problema é a coordenação da distribuição, em entrevista à rádio França Internacional (RFI).



09h22 - Novo tremor - Um tremor de magnitude 6,1 atingiu o Haiti nesta quarta-feira, segundo o Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA.



9h - 18º militar morto - O comando do Exército em Brasília confirmou a morte do major Márcio Guimarães Martins, que estava desaparecido desde o dia 12 de janeiro. Segundo o Exército, não há mais militares que estavam em serviço no país entre os desaparecidos.



07h34 - Resgates - Até a noite de terça, 121 vítimas do terremoto foram resgatadas dos escombros. Os dados foram divulgados pelo Escritório para a Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU (Ocha, na sigla em inglês).



06h48 - Tiroteio - Um grupo de militares brasileiros que faziam segurança do transporte de alimentos nas ruas de Porto Príncipe foi alvejado com tiros na tarde de segunda. O episódio foi confirmado à BBC Brasil por dois militares que integram o Batalhão Brasileiro no Haiti (BRABAT).





00h38 - Artista - A atriz americana Scarlett Johansson vai leiloar entre seus fãs um encontro com ela, após a estreia de sua peça de teatro "A View from the Bridge", com o objetivo de arrecadar fundos para ajudar na situação humanitária do Haiti, informou a revista "US Weekly".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha lista de blogs