My Dear friends

This site not work anymore .I have a new site and you can go there visit me. I dont go put more post here anymore ... If you like this blog go there .. I will be there for you ... Olá meus queridos amigos ... agora tenho um novo blog Este site nao funcionará mais , tive alguns problemas. Agora tenho um novo endereco de blog. Nao irei mais colocar post neste blog .. Todas as atualizacoes e novidades estarao no outro endereco .. Acessem... estarei lá pra vcssss Se vcs gostaram desse blog irao amar o outro .. mais atualizado e lindo ... Vamos láaaa .... visitem-me lá .. Beijinhos Lili

Tank for everything !!!

melldesofia.blogspot.com

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Pia do Urso (Batalha)

Contam os mais antigos que, no lugar de Pia do Urso, um curioso ritual se tornou lenda. Despreocupado com os olhares alheios, todos os dias um urso, cansado dos seus passeios peos caminhos acidentados da serra, aproveitava para se refrescar, numa pia de água fria, esculpida na pedra, pela mãe Natureza. A pia em questão, devidamente assinalada no local, apresenta um declive natural que facilitaria a este e a outros animais a ingestão do líquido, numa zona densamente arborizada.
O Ecoparque Sensorial da Pia do Urso é único no mundo e foi pensado especialmente para proporcionar novas experiências e sensações aos invisuais. Ao longo dos percursos, os sons, perfumes e formas despertam os sentidos para experiências mágicas e renovadoras. Inserido num cenário natural, absolutamente deslumbrante, aqui, todas as infra-estruturas foram preservadas, para manter a tradição. Desde as habitações, em que a pedra e a madeira se constituem como os principais materiais utilizados, até ao espaço natural que envolve o percurso sensorial compreendido por 6 Estações (Planetário, Ciclo da Água, Jurássica, Abstracta, Lúdica, Musical), contam-nos um pouco da história da região.
Outra lenda em redor da Pia do Urso aborda a existência, há alguns anos, de uma oliveira diferente das demais, em virtude desta apresentar a rama preta e ao longo da sua vida nunca ter produzido azeitona. A explicação para estes factos bizarros, apontavam os mais idosos, relacionava-se com a hipótese de, aquando da permanência naquele local dos exércitos franceses, a oliveira ter servido de esconderijo de armas, munições e pólvora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha lista de blogs