My Dear friends

This site not work anymore .I have a new site and you can go there visit me. I dont go put more post here anymore ... If you like this blog go there .. I will be there for you ... Olá meus queridos amigos ... agora tenho um novo blog Este site nao funcionará mais , tive alguns problemas. Agora tenho um novo endereco de blog. Nao irei mais colocar post neste blog .. Todas as atualizacoes e novidades estarao no outro endereco .. Acessem... estarei lá pra vcssss Se vcs gostaram desse blog irao amar o outro .. mais atualizado e lindo ... Vamos láaaa .... visitem-me lá .. Beijinhos Lili

Tank for everything !!!

melldesofia.blogspot.com

terça-feira, 2 de março de 2010

Dê mais atenção ao sinais

Dê mais atenção ao sinais


Por Luciene Correia

Uma amiga te convida para acompanhá-la numa festa. De início você fica até animada. Mas, depois, sentada na cama, olhando para as suas roupas com as portas do guarda-roupa abertas, ouve uma voz dizendo bem baixinho que é melhor não ir.

Essa sensação se manifesta muitas vezes. Não sabemos exatamente onde localizá-la ou como funciona. Simplesmente a chamamos de sexto sentido.

Tem gente que acha isso uma bobagem imensa ou trata essa possibilidade com descaso. Dizem: nunca senti isso, que absurdo!

Porém, para ouvir melhor esses sinais, temos que tranqüilizar a mente e prestar mais atenção. O essencial é não só ouvir essas vozes que nos orientam, mas dar atenção a elas, interpretar de forma que possamos ser direcionados ao que de melhor possa acontecer.

A intuição faz parte do sexto sentido, que inclui também premonição, sendo a capacidade de ver imagens do tempo futuro ou mesmo a percepção de planos invisíveis ao olhar comum, sendo a vidência. Intuição e sexto sentido são quase sinônimos.

Temos muitas vozes internas, que abafam nossa intuição. É preciso ficar em silêncio para reconhecer nossa voz interior, sintonizá-la com nitidez. Meditação e momentos para ficar sozinho e em silêncio ajudam muito. Reserve um tempinho – pode ser ao acordar ou antes de dormir – para refletir.

Uma experiência que pode ser muito interessante é escrever, num caderninho, suas preocupações, desejos e sonhos. Externalizar os nossos sentimentos, sensações, medos, conquistas faz bem e é como se limpássemos o espaço que ocupavam na nossa mente.

O objetivo é enxergar, ou melhor, dizendo, ouvir a ordem da intuição e seguir com mais facilidade os caminhos sugeridos – a nossa verdadeira sabedoria interior.

Imagine que se não entendemos nem expressamos nossas emoções, se não as movimentamos para fora e não nos movimentamos para diante, então as emoções farão o movimento por nós. O modo como percebemos o mundo e tudo que está nele afeta o modo como o mundo nos influencia. Atente a isso.

Nunca devemos ignorar o que a intuição tenta nos dizer. É um alerta que nos é enviado por meio do corpo. Ignorá-la é como menosprezar os trovões, o céu escurecendo mostrando que vai chover. Diante disso, você não se previne? Carrega uma sombrinha se for sair, tira as roupas do varal, fecha as janelas, …

Fazendo isso, você confia num sinal e toma as providências, conforme o aviso.

De qualquer forma, todos deveríamos ser receptivos ao papel da intuição em nossas vidas. Como escreveu um cientista: “A intuição é uma capacidade universal que se reflete não só nas criações de grandes cientistas, mas também nos palpites quotidianos dos indivíduos”.


O nosso cérebro é dividido de forma que funcione em dois aspectos distintos: esquerdo, que representa o nosso lado racional, lógico e direito que atua nas emoções e intuições.

Ao aprendermos a fazer uso da intuição, seremos beneficiados em todos os aspectos da vida. O importante é saber respeitar os sinais que nos são enviados. Se sente um friozinho na barriga mostrando que é necessário adiar alguma decisão, não ligar para aquela pessoa hoje, ir por um caminho e não por outro. Obedeça a sabedoria interior. Uma escolha errada muda todo o curso de uma história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha lista de blogs