My Dear friends

This site not work anymore .I have a new site and you can go there visit me. I dont go put more post here anymore ... If you like this blog go there .. I will be there for you ... Olá meus queridos amigos ... agora tenho um novo blog Este site nao funcionará mais , tive alguns problemas. Agora tenho um novo endereco de blog. Nao irei mais colocar post neste blog .. Todas as atualizacoes e novidades estarao no outro endereco .. Acessem... estarei lá pra vcssss Se vcs gostaram desse blog irao amar o outro .. mais atualizado e lindo ... Vamos láaaa .... visitem-me lá .. Beijinhos Lili

Tank for everything !!!

melldesofia.blogspot.com

segunda-feira, 8 de março de 2010

O 8 de Março - Dia Internacional da Mulher


O 8 de Março aproxima-se, ainda que é uma data que deveria comemorar-se todos os dias…

Mulheres há muitas, de todas as cores e de todas as idades; há mulheres da cor da amizade, da cor do Amor, da cor da mãe, da esposa, da filha e tantas outras cores que a gente nem pode lembrar.

Também as idades variam… existem as antigas, como as bruxas, as atemporais como as fadas, as temporais, que nascem em tempos atuais, chegando com a brisa do verão, com o perfume da primavera, com o Sol cálido do outono ou com o frio das neves do inverno.

Todas e cada uma delas, são uma folha do Livro da Vida: nelas escrevem-se as mais belas historias que suas amorosas mãos semearam, e cultivaram ao longo das eras, numa ânsia incansável por propagar e enaltecer a Vida.

Estes belos e antigos seres, tão misteriosos como a Vida mesma, ainda esperam ser reconhecidos e respeitados pelo que são: entes pensantes, autônomos e totalmente capazes de valer-se por si mesmas




O 8 de Março aproxima-se, ainda que é uma data que deveria comemorar-se todos os dias…

Mulheres há muitas, de todas as cores e de todas as idades; há mulheres da cor da amizade, da cor do Amor, da cor da mãe, da esposa, da filha e tantas outras cores que a gente nem pode lembrar.

Também as idades variam… existem as antigas, como as bruxas, as atemporais como as fadas, as temporais, que nascem em tempos atuais, chegando com a brisa do verão, com o perfume da primavera, com o Sol cálido do outono ou com o frio das neves do inverno.

Todas e cada uma delas, são uma folha do Livro da Vida: nelas escrevem-se as mais belas historias que suas amorosas mãos semearam, e cultivaram ao longo das eras, numa ânsia incansável por propagar e enaltecer a Vida.

Estes belos e antigos seres, tão misteriosos como a Vida mesma, ainda esperam ser reconhecidos e respeitados pelo que são: entes pensantes, autônomos e totalmente capazes de valer-se por si mesmas.


Photo Credit: Herny_Bahus

Elas desconhecem a sua capacidade de continuar levando a humanidade ao seu destino, pois a maioria das vezes, o fazem desde as sombras da inconsciência da sociedade a qual pertencem.

Mas elas, ao igual que as folhas do Livro da Vida, não precisam de permissão para viver e Ser, não precisam ser aprovadas, pois existem desde antes do começo dos tempos, e continuarão estando quando eles terminem.

Elas são “fazedouras”, nutridoras, são as que mantêm o equilíbrio do mundo, pois da essência das mulheres, é que se compõe o eixo da Mãe Terra.

Se você quiser submergir-se na Alma da Grande Mãe, entre em comunhão com o Universo Feminino, e ali encontrará o alimento que precisa para nutrir a sua vida, e crescer como ser espiritual que entende e aceita a diversidade de cores e idades que povoam este mundo, sem preconceitos.

Procure-as, encontre-as, há muitas, escolha a cor e a idade de sua preferência, e homenageie-a, pois por simples que seja a sua homenagem, se a sua intenção é oferecer-lhe o seu reconhecimento, você terá colaborado com uma pequena parte de seu Sopro de Vida, para dissipar as névoas da inconsciência, à qual estão relegadas muitas das mulheres no mundo.

Pode parecer-lhe pouco, mas se muitos de nós o fizermos, propagaremos a consciência da igualdade entre os seres e o sagrado direito, de ser todos iguais perante a Lei da Vida.

Dessa forma, finalmente o 8 de Março será uma bela celebração, um dia no qual poderemos dizer que de aí em diante, todos os dias serão “o Dia Internacional da Mulher”, sem a necessidade de um momento específico do ano, para lembrar-nos de que precisamos abolir o sofrimento que padecem muitos destes seres, em diversos lugares do planeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha lista de blogs